quarta-feira, 31 de outubro de 2012

QUE TIME !

Jornal Diário da Manhã 




Postado por: Kleiton Vasconcellos

QUE TIME!

Assumo: eu me rendi ao SC Gaúcho e a sua gana de vencer.Contra todas as dificuldades e até mesmo encarando adversários perigosos, o Alviverde mostra que tem história e que pode, sim, chegar à Divisão de Acesso. O jogo de ontem à noite foi a prova que o time é forte candidato: lutou, foi aguerrido, malandro quando necessário, suou e fez o dever de casa,ao bater o Garibaldi. Agora, fica tudo para domingo. 
Claro que o Gaúcho pode perder, isso é do futebol. Mas vejo nessa equipe grandes condições de escrever o seu nome na história quase centenária de uma instituição com a grife Gaúcho.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

GAÚCHO VENCE


Publicada em: 29/10/2012 - 23:21 , por Rodrigo Accorsi/ON

Gaúcho está a um empate da Divisão de Acesso

Da Silva marcou o gol da vitória do Alviverde no Vermelhão

Créditos: Rodrigo Accorsi/ON
Gaúcho está a um empate da Divisão de Acesso
Jogadores e comissão técnica comemoraram muito e aplaudiram os torcedores, que compareceram em bom número.
O Sport Club Gaúcho venceu o Garibaldi por 1x0 na noite desta segunda-feira, no Vermelhão da Serra e deu um importante passo para chegar à Divisão de Acesso no ano que vem. O gol da vitória foi marcado pelo atacante Da Silva, aos 45 minutos da primeira etapa. O Periquito leva a vantagem de jogar pelo empate em Garibaldi, às 16 horas do próximo domingo. As duas equipes entraram em campo dispostas a conquistar o resultado positivo. O bom time do Garibaldi, treinado por Celso Freitas, ameaçou de forma constante a meta do Gaúcho, mas o goleiro Souza teve grande atuação e impediu qualquer comemoração por parte dos visitantes. Quase no final da partida o zagueiro Iuri saiu lesionado e o Gaúcho chegou a jogar com um atleta a menos por alguns minutos. A torcida compareceu e empurrou o time para a vitória. O fato lamentável é que, depois que o árbitro encerrou o jogo, integrantes das comissões técnicas de ambos os times iniciaram uma confusão, discutiram e quase foram às vias de fato, mas foram impedidos pela Brigada Militar. Os primeiros 90 minutos terminaram. Agora é esperar pelo segundo tempo.
Gol e vibração
A saída no primeiro tempo foi do time do Garibaldi, que começou indo pra cima e tentando invadir a área do Gaúcho. O time da casa respondia na mesma moeda, mas as duas equipes estavam afoitas e as jogadas não se concretizavam, principalmente no setor de meio campo. A partir dos oito minutos, o Gaúcho começou a ter mais domínio de bola em seu campo ofensivo, mas era ineficiente na criação das jogadas. Aos 14 minutos, Paulo Josué chutou de longe, a bola desviou na zaga e saiu para escanteio. O primeiro lance de perigo para o Garibaldi veio no minuto seguinte, mas Souza, o nome do jogo, segurou firme. No primeiro tempo o Gaúcho teve dois impedimentos duvidosos marcados pela arbitragem. O time da casa teve uma série de boas faltas próximas à área, mas os cruzamentos eram interceptados pela zaga visitante. Quando o primeiro tempo se encaminhava para o final, Da Silva recebeu na área e mandou para as redes do Garibaldi.
Segundo tempo
As duas equipes voltaram com a mesma disposição para o segundo tempo. Logo no início, o Gaúcho chegou com perigo, mas William bateu pra fora. Antes dos cinco minutos o Alviverde já havia chutado duas bolas contra a meta do Garibaldi, que teve boas chances para empatar. A primeira delas aconteceu numa bobagem da zaga, que saía com a bola dominada, mas num toque errado para trás, cedeu escanteio. Na outra, Souza saiu jogando mal e a zaga novamente mandou para a linha de fundo. O Gaúcho diminuiu um pouco o ritmo, Garibaldi se aproveitou disso e começou a fazer certa pressão. Aos 30 minutos, Souza espalmou uma bola pra frente e na sequência defendeu novamente num chute à queima roupa, numa grande recuperação. Por reclamação, o técnico Marco Aurélio foi expulso aos 40 minutos. Aos 42, o Garibaldi chegou novamente com perigo, mas não soube aproveitar a chence. Sob protestos do time da casa, o árbitro apontou cinco minutos de acréscimo. O Garibaldi ainda teve uma falta aos 47 minutos. Numa bola batida de longe, Souza foi exigido novamente e espalmou pra fora. O jogo foi até os 52 minutos, porque Iuri se lesionou e teve que deixar o campo. Não havia tempo para mais nada. Agora o time do goleiro Souza precisa de um empate simples para se garantir na Divisão de Acesso do ano que vem.

domingo, 28 de outubro de 2012



sábado, 27 de outubro de 2012




Jornal Diário da Manha
26/10/2012
Postada por:Marco Antonio Damian 

GAÚCHO 

Em 2010, quando o Gaúcho se classificou para a segunda fase junto com o Passo Fundo, escrevi um texto falando sobre a imortalidade alviverde e todas as agruras que o clube enfrentava para levar um time ao gramado. 

Este texto acabou sendo publicado na íntegra pela jornalista Wianey Carlet, em sua coluna de ZH. O que dizer agora, de um clube ainda mais indigente, em termos materiais, mas com dirigentes que possuem algo pouco visto em futebol. Uma determinação e uma garra hercúlea. 

Um time de garotos que entram em campo com orgulho de vestir aquela camisa. Uma comissão técnica, que, longe do clube, poderiam ter melhores condições de renda pessoal. Mas, estão colocando seu conhecimento e seu coração à serviço de uma paixão. 

Há alguns dias, tomando um café na Confeitaria Carolina’s, o Dr. Sérgio Lângaro, antigo médico do alviverde, na mesma mesa que o presidente Gilmar Rosso, lhe perguntou: Quando deu a renda do último jogo, em casa? Sem nenhum constrangimento, o presidente respondeu: Exatamente R$126,00 reais,a renda tinha sido penhorada. A pergunta que ficou no ar: Como é que se faz futebol sem dinheiro? 

No último final de semana ouvimos e lemos a notícia que o Gaúcho vencera o Três Passos e estava classificado para a semifinal do acesso. Mais um milagre escrito em verde e branco.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

GAÚCHO X GARIBALDI 

DIA  29.10.2012 

HORÁRIO  : 20:00 hrs 

LOCAL  : ESTÁDIO  VERMELHÃO DA SERRA 

DIA, HORÁRIO E LOCAL  DETERMINADO PELA FEDERAÇÃO GAÚCHA DE FUTEBOL

Motivo: ESTÁDIO ALUGADO dias 26.27 e 28  PARA  Peneirinha da Gillette


Assista Chamada  do Jogo criada pelo Torcedor Wagner 

http://youtu.be/RoBr-Lo9JVM

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

CLASSIFICADO !!!


Publicada em: 21/10/2012 - 18:02 , por Bruna Todescato/ON

Gaúcho garante vaga na semifinal

De virada, Gaúcho busca o resultado, vence a partida e irá disputar a semifinal da Segundona


Créditos: Carlos Grün - Jornal Atos e Fatos
Gaúcho garante vaga na semifinal
No considerado, "jogo do ano", o Sport Club Gaúcho lutou até o final da partida pelo resultado e venceu o Três Passos de virada por 2x1. O jogo aconteceu Estádio Luiz de Medeiros. Com o resultado, o time alviverde está classificado para a semifinal da Segundona 2012. O TAC saiu na frente, ainda no primeiro tempo com gol de Juninho, após erro da zaga do Gaúcho. Na etapa final, brilhou a estrela do jogador Léo, que saiu do banco para marcar os dois gols da equipe. O Alviverde enfrenta agora o Garibaldi pela semifinal da competição.

O jogo - 
A partida começou movimentada e o Três Passos começou levando perigo ao gol de Souza. 

Aos 2 minutos, após cobrança de escaneio, Marcão aproveitou e cabeceou. O goleiro do Gaúcho fez grande defesa. Após o susto, o alviverde começou a atacar e levar perigo ao gol do TAC. 

Aos 5 minutos, Wilian chutou forte no gol de Luli. Dois minutos depois, Adriano aproveitou o rebote e mandou uma bomba para o gol de Luli, mas a bola foi para fora. 

Aos 11, Da Silva faz boa jogada pelo lado esquerdo e cruza na área. O goleiro do TAC se antecipou e fez a defesa. 
Aos 22 minutos de jogo um susto. Falta para o Três Passos. Julinho cobra no canto direito do Souza, obrigando o goleiro a se esticar para fazer a defesa. No rebote, o time da casa manda a bola para o fundo das redes, mas o bandeirinha marca impedimento. No lance seguinte, o Gaúcho respondeu. Da Silva cruza a bola na área e o goleito Luli sai mal do gol. A zaga tirou no momento certo, salvando o time do TAC. 

Aos 24 minutos, Julinho, na entrada da área, girou sobre a marcação e conseguiu finalizar. A bola passou bem próximo a trave do goleiro Souza. O Gaúcho continuava no ataque. Porém, no momento em que se encontrava melhor na partida veio o gol do Três Passos. 

Aos 34 minutos de jogo, Julinho aproveitou o erro do zagueiro Marcelo, roubou a bola e entrou sozinho na área. Ele chutou rrasteiro, sem defesa para o goleiro Souza. O alviverde não deixou se abater pelo gol e foi para o ataque. O gol do empate quase saiu no lance seguinte. Paulo Josué entrou na área, porém chutou mal, e o goleiro Luli conseguiu fazer a defesa.

Segundo tempo - Na volta do intervalo, o Gaúcho voltou buscando reverter o resultado. 


O empate saiu aos 13 minutos com o jogador Léo, que havia entrado no lugar de Willian. A jogada teve início com Alécio, que tocou para Paulo Josué. O jogador cruzou forte e rasteiro. A bola passou pelo goleiro Luli para os pés de Léo, que mandou para o fundo das redes, empatando o jogo.
Dois minutos depois, o Três Passos foi para o ataque e quase marcou. O jogador do Gaúcho, Alécio, tirou a bola quase na linha do gol. 

Aos 16 minutos, Da Silva bateu forte no canto direito do goleiro Luli, que tirou com a ponta dos dedos, mandando a bola para escanteio. Os lances de perigo continuavam dos dois lados. 

Passados 20 minutos de jogo, Julinho quase aproveitou erro da zaga alviverde. Ito recuou a bola para o goleiro e Julinho aproveitou, roubou a bola, mas não finalizou. aos 28 minutos, Julinho cobra falta para o TAC. A bola desvia na barreira e o goleiro Souza atento realiza a defesa. 

Aos 34 minutos, Iuri faz boa jogada mas é derrubado. Falta frontal para o Gaúcho. Paulo Josúe cobra, mas a bola passa por cima do gol. Quatro minutos depois nova falta para o Gaúcho, na risca da grande área. Maicon cobra e a bola passa bem próximo do gol. 

Aos 42 minutos, Léo, colocou o Gaúcho na frente do marcador. Após cruzamento de Paulo Josúe pela direita, Léo concluiu para o fundo das redes. O segundo gol do jogador na partida.





Aimoré, Bagé, Garibaldi e Gaúcho disputarão semifinais da Segundona

Times buscam as duas vagas à Divisão de Acesso em 2013

Aimoré, Bagé, Garibaldi e Gaúcho disputarão semifinais da Segundona Reprodução/
Times estarão na Divisão de Acesso do ano que vem independentemente de quem vencer a SegundonaFoto: Reprodução
Aimoré, Bagé, Garibaldi e Gaúcho. Estes são os times que disputarão as semifinais daSegundona Gaúcha, em busca de duas vagas à Divisão de Acesso em 2013.
Duas das quatro partidas que decidiram os classificados foram definidas nos pênaltis. O Garibaldi, que tinha perdido o primeiro jogo para o Tupi por 2 a 1, conseguiu vencer, em casa, no tempo normal pelo mesmo placar. A classificação para a semifinal veio nos pênaltis: vitória por 3 a 0. O time da Serra disputará a semi com o Gaúcho, que também perdeu a primeira partida para o Três Passos e reverteu a vantagem ao vencer, na casa do adversário, por 2 a 1.
A classificação mais tranquila foi a do Bagé, que fez o dever de casa e venceu o Nova Prata por 2 a 1, depois de empatar na primeira partida em 0 a 0. A equipe da Campanha disputará a vaga na final da Segundona com o Aimoré, que perdeu no tempo normal, em São Leopoldo, para o Guarany por 1 a 0, mas conseguiu vencer nos pênaltis por 4 a 2 e avançar.
As semifinais também serão disputadas em jogos de ida e volta, como foram as quartas de final. As datas devem ser anunciadas durante a semana pela Federação Gaúcha de Futebol.
RESULTADOS
Aimoré (4)0x1(2) Guarany-Ba
1º Jogo — Guarany-Ba 0x1 Aimoré
Bagé 2x1 Nova Prata
1º Jogo — Nova Prata 0x0 Bagé
Garibaldi (3)2x1(0) Tupi
1º Jogo - Tupi 2x1 Garibaldi
Três Passos 1x2 Gaúcho
1º Jogo — Gaúcho 0x1 Três Passos
PRÓXIMOS JOGOS
Aimoré x Bagé
Garibaldi x Gaúcho

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

PRESIDENTE GILMAR ROSSO FALA SOBRE O ESTÁDIO WOLMAR SALTON E FUTEBOL DO GAÚCHO 


O programa Panorama Esportivo, da Rádio Planalto AM(730) ,recebeu nesta terça-feira,dia 16,o presidente do Sport Club Gaúcho.Gilmar falou sobre o futebol,principalmente as chances de classificação em Três Passos pela Segunda Divisão  e sobre a expectativa de uma solução para a venda da área do Wolmar Salton .O time não voltará mais para o local e já se projeta a nova área para a construção de um Estádio.

Confira a entrevista concedida a Luiz Carlos Carvalho ....


 http://rdplanalto.com/presidente-gilmar-rosso-fala-sobre-venda-do-estadio-e-futebol-do-gaucho/




terça-feira, 16 de outubro de 2012


"EU NÃO SEI QUAL O SEGREDO DO SUCESSO, 
MAS O SEGREDO DO FRACASSO É TENTAR AGRADAR TODO MUNDO "
John F.Kennedy

sábado, 13 de outubro de 2012

GAÚCHO X TRÊS PASSOS


Torcida convocada :


No domingo, 14.10.2012


15h30, 




no Vermelhão da Serra.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012


GAÚCHO X TRÊS PASSOS

Serjão fará a preparação física do Gaúcho

Partida acontece domingo, 14, a partir das 15h30, no Vermelhão da Serra.
Rodrigo Accorsi/ON

A equipe está preparada e a torcida convocada. No domingo, 14, a partir das 15h30, no Vermelhão da Serra, o Sport Club Gaúcho começa o desafio de passar para as semifinais da Segundona. O adversário é a forte equipe do TAC, de Três Passos, que se classificou em primeiro lugar no Grupo B e que também quer a vitória para q
ue possa almejar a vaga na próxima fase. O segundo jogo acontece no dia 21, em Três Passos. No treino de ontem à tarde, o Gaúcho apresentou uma novidade. O ex-zagueiro e hoje preparador físico Sérgio Albano Martin, se ofereceu para ajudar na preparação da equipe para as próximas partidas. Serjão comandou as atividades físicas e o rachão, observado por Marco Aurélio Oliveira e Roberto Chaparini, que vão orientar o time domingo, além do presidente Gilmar Rosso.

Agradecimento
Sobre a presença de Serjão, Gilmar disse ter ficado muito contente porque é mais uma pessoa que se oferece para auxiliar o Gaúcho, que não passa por um bom momento quanto às questões administrativas. “Ele se apresentou voluntariamente para trabalhar com a nossa equipe e agradecemos muito por isso. Ele é um ex-jogador nosso e sabe de todas as nossas dificuldades, principalmente nesse momento. Veio para dar uma força”, conta Gilmar. No início da semana o presidente trabalhava com a possibilidade da contratação de alguns reforços para os próximos jogos, mas que acabaram não se concretizando, principalmente em função do pouco tempo para os treinos. Sérgio afirma que, apesar da falta de tempo para trabalhar, vai tentar fazer com que os atletas estejam na sua melhor forma. “Vamos tentar nos agarrar nas nossas chances de classificação, embora as dificuldades sejam muitas. Estou conhecendo o grupo agora e senti que os jogadores estão unidos para vencer”, avalia. 

Condições
Depois da saída de Celso Freitas, Gilmar confessa que todos ficaram meio ‘perdidos’, mas que tudo está se normalizando. “Não houve qualquer possibilidade de nova contratação. A surpresa da saída do Celso nos deixou sem saber o que fazer, mas as coisas estão se ajeitando e encontramos alternativas para treinar”. Depois de ter superado uma série de dificuldades e de ter conseguido a tão sonhada classificação, Gilmar disse que a equipe está com outra motivação. “Chegamos até aqui e não vamos nos entregar. Vamos para cima, até mesmo porque estamos em plenas condições de jogar de igual para igual com qualquer uma das outras equipes que se classificaram”. Ele reforça que, de todos os clubes que passaram para a segunda fase, o Gaúcho é o que menos investiu.

Meio caminho andado
De acordo com o professor Marco Aurélio, é preciso que todos encarem de frente essa fase para que o Gaúcho possa querer ir cada vez mais longe na competição. “Sonhar não custa nada e vemos que os jogadores estão motivados. É uma gurizada nova, fazendo o que gosta e isso já é meio caminho andado. Quanto mais longe eles forem, melhor para o clube e para suas carreiras como jogadores”, completa. Os goleiros Souza, Titi e Ezequiel fizeram um treinamento específico, em separado do restante do grupo. O time que vai a campo deve ser definido depois do coletivo, que será realizado na tarde de hoje. A torcida Alviverde está convocada para apoiar a equipe, rumo à próxima fase da competição.




quinta-feira, 11 de outubro de 2012


GAÚCHO DEFINE NOVO TREINADOR 
Jornalismo Rádio Uirapuru

A notícia ruim do final de semana foi  o pedido de demissão do técnico Celso Freitas .Mesmo com a classificação para as quartas de final ,o técnico pediu demissão ,alegando um novo projeto em outro clube o ex-comandante do alviverde deve assumir o Garibaldi que também disputa a Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho . 

Na tarde desta terça-feira, 09, a direção do clube confirmou o atual preparador físico, Marco Aurélio, como técnico para o restante da competição. 

Conforme o presidente Gilmar Rosso, Marco Aurélio é um profissional exemplar, além de conhecer e conviver com os atletas há um bom tempo.

Segundo Gilmar, essa não era a hora de trazer um técnico renomado ou alguém que esteja desempregado e tenha experiência na atividade. 

A primeira partida do novo técnico já é neste domingo, 14, às 15h30min contra o Três Passos no Vermelhão da Serra. A segunda partida será na casa do adversário no dia, 21.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012


Publicada em: 10/10/2012 - 07:16

Marco Aurélio e Chaparini comandam o Gaúcho domingo

Alviverde começa busca pela vaga na Divisão de Acesso contra o Três Passos

Créditos: Rodrigo Accorsi/ON
Marco Aurélio e Chaparini comandam o Gaúcho domingo
















Dos oito times classificados para a fase de quartas de final do Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão, somente os dois finalistas sobem para a Divisão de Acesso de 2013. O Sport Club Gaúcho, que conseguiu sua classificação no último momento, pega nessa fase, o chamado ‘mata-mata’, a forte equipe do Três Passos, que se classificou na primeira colocação do grupo B. O primeiro jogo acontece domingo, 14, a partir das 15h30, no Vermelhão da Serra e a segunda partida está marcada para domingo, 21, no estádio Luiz de Medeiros, em Três Passos.

Para o jogo deste domingo o Alviverde tem alguns problemas: Além da falta de um treinador, já que Celso Freitas foi embora logo após o jogo contra o Nova Prata, o zagueiro Adriano e o lateral Iuri não jogam porque levaram o terceiro cartão amarelo. As boas notícias são as voltas do goleiro Souza e do meia armador William, que estavam suspensos. O grupo será comandado pelo preparador físico, Marco Aurélio Oliveira da Silva e pelo preparador de goleiros, Roberto Chaparini.

Chance

Agora, o Gaúcho precisa aproveitar a chance que tem para subir à divisão de acesso. Para isso será preciso passar pela equipe do Três Passos, garantir a classificação às semifinais da competição e pelo menos chegar à final. A exemplo do que aconteceu na divisão de acesso desse ano, com Esportivo e Passo Fundo, somente os dois finalistas da Segundona asseguram vaga na Divisão de Acesso de 2013. O presidente do clube, Gilmar Rosso, afirma que o trabalho vai seguir como vinha sendo feito até a última partida, sob o comando de Celso Freitas e que agora é muito tarde para que o clube ‘corra’ atrás de um treinador. “Vai ser como foi até agora. Agora não temos como inventar nada e vamos utilizar o que temos na nossa mão. Não temos como tirar leite de pedra”, diz. O Gaúcho conta com um plantel de 24 jogadores.

"Agora não temos que inventar e vamos jogar de acordo com a nossa situação atual”, fala Marco Aurélio. Ele diz estar muito confiante, já que os jogadores entenderam a proposta e, principalmente, a importância de uma boa vitória dentro de casa para que o time possa ir para o segundo jogo com mais tranquilidade. “Nós tomamos poucos gols no segundo turno e criamos muitas situações para marcar. Para o próximo jogo não temos atletas lesionados e todos estão prontos”, completa.
Roberto Chaparini faz questão de convocar a torcida alviverde para o jogo mais importante do Gaúcho até agora na temporada. “Contamos com o apoio do nosso torcedor porque esse jogo é importantíssimo para nós. Esse apoio será fundamental para que possamos sair com a vitória”, finaliza

MARCO AURÉLIO



Com a saída de Celso Freitas, que deixou o Sport Club Gaúcho para assumir o Garibaldi na Segundona, abriu-se uma vaga para treinador no Alviverde. E o time ficou pouco tempo sem um comandante: na tarde de ontem, a direção anunciou o acerto com Marco Aurélio Oliveira, então preparador físico dos jogadores. 

Agora, o profissional passa a conciliar as duas atividades no clube.Marco Aurélio tem 20 anos de carreira, a começar no próprio Sport Club Gaúcho. “Sou gauchinho desde sempre” diz. Em todo esse tempo, passou por times como Esportivo, Guarani de Venâncio Aires, Guarany de Bagé, Esporte Clube Passo Fundo, Chapecoense, Cianorte e futebol árabe. Além disso, é coordenador de esportes da 7ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). “Nessa caminhada, trabalhei com treinadores Bebeto, Levir Culpi, Arthur Neto... disputei Copa do Brasil, Brasileirão Série B e C e subiu cinco times de     divisão.A função de treinador já foi exercida uma vez por Marco Aurélio. Foi em 1993, quando comandou interinamente o Esporte Clube Passo Fundo, na vitória de 1x0 sobre o Esportivo em Bento Gonçalves. Agora, no SC Gaúcho, o novo treinador quer manter o trabalho que vinha sendo feito. “Mesma maneira que Celso vinha trazendo. 

Na conversa que tivemos com o presidente (Gilmar Rosso), ficou claro que não havia necessidade de trazer outro nome de fora. Vamos dividir tarefas com o auxiliar Chaparini, mas eu assumo a responsabilidade” expõe Marco Aurélio.

Ao mesmo tempo que será treinador, Marco Aurélio continuará sendo o preparador físico. “É um trabalho quase voluntário no SC Gaúcho, porque a gente gosta do clube, vamos conciliar. Nesse momento quem é do Gaúcho tem que doar e se preciso vou de roupeiro” encerra.

A nomeação de Marco Aurélio foi considerada normal pelo presidente Gilmar Rosso.“Tomei essa posição porque o Marco Aurélio conhece o grupo, já estava trabalhando com os jogadores e ninguém melhor que ele conhece cada jogador” diz. 

O primeiro jogo com o novo treinador vai ser no domingo, às 15h30, diante do TAC de Três Passos no Vermelhão da Serra. A partida vale como “ida” do sistema mata-mata das quartas de final da Segundona 





FREITAS



NÃO DUVIDE

O futebol, todos sabemos, é uma caixinha de surpresas (aliás, que clichê esse...). E o ano de 2012 tem sido pródigo de surpresas aqui no futebol de Passo Fundo. Primeiro, foi o acesso do Esporte Clube Passo Fundo, que era lanterna e conseguiu uma vaga à Série A de 2013. Agora, o combalido Sport Club Gaúcho também conseguiu o seu feito: sem campo próprio, com “n” dificuldades, saída e chegada de jogadores, conseguiu a classificação para a 2ª fase da Segundona. E agora, alguém duvida que também o SC Gaúcho consiga o seu acesso para a Divisão Especial? Tudo pode acontecer..


FREITAS FORA
Como nada no SC Gaúcho é simples, claro que nem só com boas notícias veio a classificação. Momentos após a classificação, o técnico Celso Freitas comunicou o seu desligamento do clube e conseqüente chegada ao Garibaldi. A saída de Freitas é um duro golpe, pois o time vinha se firmando e melhorando a cada jogo. Isso era visível. Agora, cabe a quem assumir o comando técnico da equipe dar continuidade. Eu apostaria no preparador Marco Aurélio Oliveira, atual preparador físico.


domingo, 7 de outubro de 2012

GAÚCHO CLASSIFICADO !


Publicada em: 06/10/2012 - 18:25

Gaúcho classificado!

Gaúcho empata com Nova Prata e está na próxima fase






Rodrigo Accorsi/ON

O Sport Club Gaúcho está classificado para a próxima fase da Segundona. O alviverde empatou em 0x0 no Vermelhão da Serra na tarde de sábado, 6, e a classificação foi confirmada depois da vitória do Aimoré por 2x0 sobre o Igrejinha, no estádio Cristo Rei, em São Leopoldo. Antes do início da rodada o Igrejinha ocupava a quarta posição na tabela do Grupo A, com nove pontos marcados, mesma pontuação do Gaúcho, que estava em 5º porque seu saldo de gols era de cinco gols negativos, contra um gol negativo do time do Vale do Paranhana. O empate deixou o Gaúcho com 10 pontos e na quarta posição. O adversário do Periquito na próxima fase, que é o mata-mata, será a equipe do Três Passos, que se classificou em primeiro no Grupo B, com 16 pontos. A primeira partida acontece em Passo Fundo, em data a ser definida pela Federação Gaúcha de Futebol.







Início difícil
Como era de se esperar, a partida contra o vice-líder, Nova Prata, começou complicada para o Gaúcho, que teve uma série de boas faltas próximas à área do adversário durante todo o jogo, mas que não aproveitou nenhuma. A equipe visitante tentava os ataques sempre pelo seu lado direito durante os primeiros 10 minutos de jogo. O Nova Prata quase marcou aos cinco minutos em uma saída errada do Gaúcho. O time da casa começou a levar mais perigo à meta do Nova Prata depois dos 10 minutos da primeira etapa. Aos 15 o Gaúcho começou a fazer certa pressão, mas as jogadas de ataque não aconteciam. O centroavante Da Silva recebia a bola sempre de costas para o gol e, sempre muito marcado, pouco podia fazer. Aos 30 minutos o Gaúcho chegou bem, mas a conclusão foi à direita da meta do Nova Prata. O último lance da primeira etapa foi uma falta para o Gaúcho, no bico da área, aos 45 minutos, mas que também não foi aproveitada.





Milagre
O Gaúcho não voltou bem no segundo tempo. Muitos erros de passe e jogadas confusas quase terminaram no gol da equipe visitante. A boa partida feita no primeiro tempo parece ter sido esquecida pelos jogadores. O Gaúcho não conseguia sair do seu próprio campo até os cinco minutos da segunda etapa. O jogo seguiu com faltas sendo marcadas para ambas as equipes da intermediária pra frente, mas nenhuma das equipes conseguia concretizar suas jogadas de ataque. O árbitro da partida também distribuiu alguns cartões amarelos porque começaram a acontecer jogadas mais ríspidas. O lance que definiu o jogo veio aos 25 minutos. Depois de boa jogada, um dos atacantes do Nova Prata apareceu sozinho na frente do goleiro Titi, de apenas 17 anos, que operou um milagre e conseguiu mandar a bola pela linha de fundo. A partir daí o Gaúcho começou a aparecer no ataque com mais força e com isso conseguiu segurar o empate.


sábado, 6 de outubro de 2012


Publicada em: 06/10/2012 - 07:43

Tudo ou nada para o Gaúcho na Segundona

Equipe recebe o Nova Prata, hoje, no Vermelhão da Serra


Créditos: Rodrigo Accorsi/ON
Tudo ou nada para o Gaúcho na Segundona
Rodrigo Accorsi/ON

Chegou a hora da verdade para o Sport Club Gaúcho na Segunda Divisão. Hoje, a partir das 15 horas no Vermelhão da Serra, a equipe treinada por Celso Freitas, recebe o Nova Prata, vice-líder do Grupo A, com 17 pontos marcados. Se o alviverde vencer, chega aos 12 pontos e pode assumir a quarta colocação. O problema é que o Gaúcho não depende apenas de si mesmo para que possa garantir presença na próxima fase.

O Igrejinha, que atualmente ocupa a quarta posição (apenas pelo saldo de gols), joga contra o líder, Aimoré, em São Leopoldo. Se vencer, o time do Vale do Paranhana acaba de vez com qualquer possibilidade de classificação da equipe passo-fundense. Depois da derrota do Igrejinha para o Garibaldi por 1x0 na segunda-feira, 1º, todos no alviverde ficaram mais motivados para entrar em campo pela última partida da primeira fase do returno. O time deve começar com: Titi, Iuri, Marcelo, Ito e Foguinho. Adriano, Alécio, Nícolas e Leonardo. Da Silva e Paulo.

Bom momento


O presidente do clube, Gilmar Rosso, avalia que este é o momento para que o Gaúcho possa entrar em campo e sair com a vaga. “Vamos ter otimismo, não podemos desistir nunca. Temos que acreditar sempre, mesmo que tenhamos um lado racional, que diga como as coisas precisam ser feitas, nessa hora é o lado emocional que pesa. Temos que tentar até o último segundo”. De acordo com ele, as chances de classificação se apresentam mais claramente agora, do que em outros momentos da competição, mesmo que o time dependa do resultado do jogo que acontece no estádio Cristo Rei, em São Leopoldo. “Matematicamente, temos uma probabilidade. Antes não tínhamos nem isso e chegamos nessa última rodada bem vivos”.

Superação


Mesmo que o time não consiga a classificação para a próxima fase, há de se registrar a superação que o Gaúcho teve durante todo o campeonato. Gilmar afirma que o trabalho de formar uma equipe de qualidade foi complicado desde o começo porque muito do seu tempo era e ainda é dedicado a resolver as questões administrativas e de recuperação do patrimônio do clube. “Temos que voltar sempre lá atrás, no primeiro jogo. Não sabíamos se íamos jogar ou se o clube ia fechar. A nossa realidade era essa. Nós dançamos conforme a música estava sendo tocada naquele momento”.

Quanto aos atletas que optaram por deixar o clube, Gilmar diz não ter ressentimentos e que as conversas com os jogadores sempre foram abertas. “Só fica quem quer. Desde o primeiro instante que eles chegam aqui, sempre conversamos claramente sobre a nossa maneira de trabalhar. Aqui nós não matamos apenas um leão por dia, mas um zoológico inteiro”.

Time pronto


O treinador Celso Freitas fala que o time está pronto para a decisão que agora, depois do último treino, tudo vai depender do empenho de cada um dos jogadores. “Temos três desfalques importantes: Souza, William e Fortes. No banco hoje temos só quatro atletas e estamos com o time bastante limitado. Vamos correr atrás porque estamos com boas perspectivas de classificação”. Ao ser perguntado se fica no Gaúcho após o último jogo, o técnico Celso Freitas disse que a questão não está em pauta. Há mais de 20 dias ele teria recebido uma proposta do Garibaldi e disse que ainda não sabe de fica. “Se fosse para estar lá eu já tinha ido”. Ele e seus familiares são do município de Bento Gonçalves.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

2/10/2012



NÃO TÁ MORTO QUEM PELEIA

A frase proferida tantas e tantas vezes na música de Leopoldo Rassier cai como uma luva no atual momento do Sport Club Gaúcho. Se lá nas primeiras rodada havia até a dúvida se a equipe conseguiria vencer algum jogo, a partida de sábado deixou claro: sim, o Alviverde pode ser um dos classificados para a segunda fase da Segundona. Ganhou com naturalidade do Atlético em Carazinho e tal qual o Santos diante do Grêmio, não se arrepiou por ficar com um homem a menos – Souza foi expulso. Tudo fica para a última rodada, quando o Periquito recebe o Nova Prata no Vermelhão da Serra. Aí, não tem desculpa, pois o torcedor tem que estar presente. Quem não estiver, bom torcedor não é.


-INACREDITÁVEL Há um tempinho, escrevi aqui sobre a estranheza que me causa a inexistência de torcedores do Gaúcho no Vermelhão da Serra. Recebi alguns e-mails de leitores (sim, eu os tenho!) inclusive dando motivos para não ir ao “campo do 14”. Pois bem, algumas justificativas iam de “pouco a vontade” até “medo da violência”. Se realmente ir ao jogo significa ter medo de apanhar, bom aí chegamos ao ponto de largar tudo, assinar o pay per view e ficarmos na audiência da Dupla Gre-Nal. As coisas não podem caminhar para essa direção

terça-feira, 2 de outubro de 2012


Publicada em: 02/10/2012 - 00:41

Gaúcho precisa vencer o Nova Prata

Único resultado que interessa contra o Nova Prata é a vitória


Créditos: Divulgação
Gaúcho precisa vencer o Nova Prata
Rodrigo Accorsi/ON

O Sport Club Gaúcho venceu o clássico regional contra o Atlético de Carazinho no sábado, 29 de setembro, por 2x0 e ainda mantém esperanças de classificação para a próxima fase do Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão. O próximo e último adversário na primeira fase do returno é o Nova Prata, sábado, às 15 horas, no Vermelhão da Serra. O time da Serra ocupa a segunda posição no grupo A, com 17 pontos e está classificado para a próxima fase. O único resultado que interessa para a equipe passo-fundense é a vitória e por uma boa diferença de gols.

Para essa partida o time não terá William e Douglas, suspensos. O zagueiro Ito deve passar por exames médicos para saber se joga ou não a próxima partida. 

O presidente, Gilmar Rosso, diz acreditar na classificação até o último segundo e diz que o time também não está medindo esforços dentro de campo. “Fizemos um grande jogo contra o Atlético, mas o placar poderia ter sido mais elástico”, lamenta. Ontem o treino foi realizado no ginásio e se a chuva persistir, é assim que vai ser até domingo.

Centenário

Gilmar revela que o grande projeto do Gaúcho para o ano de 2018, em que o clube completa 100 anos de fundação. Agora, ele diz que está tentando fazer o melhor possível para que os resultados apareçam mais para frente. “Agora estamos tentando passar por cima de todas as adversidades. Nosso objetivo é deixar o Gaúcho organizado para as comemorações do centenário e não é uma coisa imediata”, completa.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012


Publicada em: 29/09/2012 - 18:01

Gaúcho vence o Atlético e se mantém com chances

Alviverde venceu a partida por 2X0 e volta a jogar no próximo sábado


Gaúcho vence o Atlético e se mantém com chancesRodrigo Accorsi/ON













O Sport Club Gaúcho foi a Carazinho e venceu o Atlético na tarde de sábado, 29, pelo placar de 2x0. Os dois gols do jogo foram marcados pelo zagueiro Adriano, que, aos 14 e aos 31 minutos da primeira etapa, aproveitou cobranças de escanteios e mandou para as redes do bom goleiro Simas. O resultado deixa a equipe de Passo Fundo ainda na 5ª posição na tabela, com nove pontos marcados. O Atlético permanece na 6ª e última colocação do Grupo A, com apenas três pontos, em nove partidas. O Igrejinha, que assim como o Gaúcho, também tem nove pontos e duas vitórias, é o 4º colocado porque tem saldo zero, enquanto o saldo da equipe de Passo Fundo é de cinco gols negativos. A equipe do Vale do Paranhana joga hoje, contra o Nova Prata, em casa e, mesmo se vencer, não acaba totalmente com as chances de classificação do Gaúcho, porque pega o Aimoré, no próximo final de semana, em São Leopoldo, no último jogo.

Gols

O clássico regional iniciou com a equipe do Gaúcho atacando logo aos 30 segundos, com Da Silva. Depois disso o Gaúcho começou a apertar mais a marcação no meio campo. Aos seis minutos, novamente Da Silva, não aproveitou ótima chance para marcar. Logo em seguida, aos 11 minutos, Paulo Josué – um dos destaques do jogo – lançou Da Silva, que, cara a cara com Simas, novamente perdeu. O primeiro gol veio aos 14 minutos, com Adriano. O zagueiro aproveitou cobrança de escanteio e colocou no canto. Depois que fez o primeiro, o Gaúcho perdeu várias oportunidades para ampliar o marcador, porque jogava mais e melhor que a equipe da casa. O árbitro Márcio Schiavo sonegou um pênalti claro ao Gaúcho, aos 28 minutos, quando Paulo Josué foi atingido na área. Ele ainda deu amarelo ao atleta, por simulação. Aos 31 minutos, em novo escanteio, novamente Adriano mandou de cabeça para o fundo do gol. William desperdiçou boa chance aos 44 minutos.

Gaúcho melhor

Na segunda etapa o Gaúcho seguiu jogando melhor que o Atlético e o atacante Da Silva perdendo boas oportunidades para ampliar o marcador e diminuir a diferença do saldo de gols para o Igrejinha. Aos 10 minutos, William tentou encobrir o goleiro Simas, que mandou pra escanteio. Outro lance polêmico, além do pênalti não marcado emPaulo Josué, aconteceu aos 30 minutos da segunda etapa. O ataque do Atlético estava em condição de impedimento, mas o auxiliar não marcou. O goleiro Souza cometeu falta no atacante e foi expulso. O reserva, Titi, entrou em seu lugar e Nícolas foi o jogador escolhido para deixar o gramado. Pode ter sido a última partida de Souza no campeonato. Ao final do jogo, o técnico Celso Freitas avaliou que o resultado poderia ter sido melhor e que o Gaúcho demorou para acordar na competição.

Celso saindo

Depois do jogo, Celso revelou à reportagem da Rádio Planalto, que teria recebido uma proposta para deixar o Gaúcho e assumir outra equipe da Segundona, mas que por enquanto iria permanecer no comando técnico do Gaúcho. “O Garibaldi me fez uma proposta há cerca de 15 dias, mas naquela oportunidade eu disse que iria permanecer aqui”.