sábado, 8 de dezembro de 2012

PASSEANDO PELO ESTÁDIO WOLMAR SALTON



Um passeio pelo Estádio Wolmar Salton

Visita aconteceu na quarta-feira, dia 5

Quarta-feira, 05 de dezembro, foi marcada por declarações emocionantes durante a visita realizada pelas direções do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), Sport Club Gaúcho e imprensa no Estádio Wolmar Salton. Após a visitação, houve momento de confraternização no Centro de Eventos do HSVP



O Hospital São Vicente de Paulo adquiriu a área de 21 mil e 600 metros quadrados do Estádio Wolmar Salton e piscinas do Sport Club Gaúcho, conforme anunciado 28 de novembro, durante entrevista coletiva concedida pelas diretorias do HSVP e do Gaúcho, no auditório do Ministério Público Estadual de Passo Fundo. Na oportunidade manifestaram-se o presidente do SC Gaúcho, Gilmar Rosso, promotor de justiça, Mário Guadagnin, presidente da Associação Hospitalar São Vicente de Paulo, Décio Ramos de Lima e os advogados Cássio Moreira (curador de Alexsandro Paz Dickel) e José Alexandre dos Santos.


Projeto de expansão
Construir uma nova unidade e consolidar um projeto de expansão do Hospital São Vicente de Paulo pelos próximos 50 anos é o objetivo da instituição com a aquisição do Estádio Wolmar Salton e da área do Sport Club Gaúcho, localizadas no Bairro Boqueirão.

Durante o jantar de confraternização, o administrador Ilário De David destacou que  “o HSVP é uma instituição filantrópica, dirigida por vicentinos, que tem uma grande importância social”. Ele evidenciou que no hospital oportuniza-se três mil empregos diretos. O corpo clínico é composto por mais de 700 médicos. Em uma área de 50 mil metros quadrados, situada na Teixeira Soares, a instituição tem 617 leitos, 20 salas de cirurgia, com estrutura de alta tecnologia em equipamentos como Tomógrafo 128 canais, tecnologia Tomossíntese aplicada à Mamografia Digital e Ressonância 3 Tesla, entre outros.

"Nós temos o projeto de ampliar a estrutura do hospital para 100 leitos. Por isso, a área do Sport Club Gaúcho foi adquirida com o firme propósito de instalar um hospital geral, com estrutura moderna e diferenciada. Com a aquisição dessa área, nós teremos mais leitos, mais oportunidades de trabalho e maior crescimento que, certamente, beneficiará a comunidade regional”.


Desfecho positivo
O prefeito municipal Airton Lângaro Dipp manifestou sua alegria com o desfecho positivo da venda do SC Gaúcho. Ele ressaltou que a noite de quarta-feira foi memorável pelo fato de que duas instituições centenárias no município consolidaram a continuidade de uma entidade histórica (o Gaúcho) e a expansão necessária do Hospital São Vicente. “A direção do Gaúcho, do HSVP, os advogados de Alexsandro Paz Dickel, o Ministério Público e o poder municipal deram contribuições significativas para resolver o problema do Gaúcho. No momento do leilão do SC Gaúcho, o estádio era palco de importantes eventos esportivos para Passo Fundo, o que motivou o decreto de tombamento”, justificou o prefeito, reforçando que só retiraria o tombamento se o Sport Club Gaúcho pudesse pagar todas suas dívidas com a venda da área. “Quando veio a proposta do HSVP, que tem credibilidade e desempenha um trabalho fundamental no município, eu disse que não poderíamos perder essa oportunidade. Passo Fundo é muito grato ao Hospital São Vicente”. Daqui para frente, o prefeito almeja que o Gaúcho tenha um estádio em outro local e que continue sendo chamado de Wolmar Salton.


Novo estádio 
O presidente do SC Gaúcho, Gilmar Rosso, mencionou que como professor de História e Sociologia, para ele não existe nada mais importante do que o ser humano, referindo-se a Alexsandro, que terá maior qualidade de vida após receber parte do valor arrecadado com a venda. Em seu pronunciamento na confraternização, Rosso agradeceu aos integrantes da diretoria do Gaúcho, aos advogados Dr.Darcio Vieira Marques , Alberi Falckemback Ribeiro,Jenoino Tonial ,Tiago Fincatto  e a todas as pessoas que acreditaram no clube durante os longos anos de crise e grandes dificuldades. “Agora nós teremos um novo estádio e somos um clube sem dívida nenhuma”, comemorou. 

O presidente do HSVP, Décio Ramos de Lima agradeceu o apoio e o trabalho gratuito dos Vicentinos que fazem parte da diretoria e conselho fiscal. Apaixonado torcedor alviverde, Lima lembrou a memória de seu pai que foi conselheiro do Gaúcho. “Tenho orgulho de seguir os passos de meu pai. Sinto-me emocionado em concretizarmos a compra do Sport Club Gaúcho, e pertencer ao Hospital São Vicente é a glória das glórias”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário