sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013





VÍDEO = PRES GILMAR FALA SOBRE AS CERTIDÕES NEGATIVAS DO SC GAÚCHO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS ANOS 2010,2011,2012 PERANTE A RECEITA FEDERAL— em CANAL 20

Atletas do Gaúcho fazem treinamentos físicos

A estrutura e os pesquisadores da UPF a serviço da qualidade física dos jogadores do Gaúcho

Atletas do Gaúcho fazem treinamentos físicos
Créditos: LC Schneider/ON
Pesquisador orientou atletas na Academia da UPF



A parceria entre o Sport Clube Gaúcho e a Universidade de Passo Fundo segue a todo vapor. Bom para os professores e pesquisadores da UPF que contam com uma equipe profissional para trabalhar, avaliar e acompanhar. Excelente para os jogadores do Gaúcho, que usufruem da ampla estrutura e recebem o acompanhamento especializado e a aplicação de técnicas inovadoras com tecnologia de ponta.

Com as atividades sediadas na área da Faculdade de Educação Física, o elenco do Alviverde faz treinamentos físicos e técnicos, passa por exames, avaliações e realiza trabalhos de recuperação. Tudo isso no mais elevado nível científico. É a bola a serviço da pesquisa e a educação aprimorando o futebol.

Estrutura muscular
A parceria entre Gaúcho e UPF permite um amplo trabalho para avaliar os atletas. Na semana passada os jogadores passaram pelo Laboratório de Biomecânica em avaliação dinamométrica e isocinética. O trabalho foi supervisionado pelo coordenador do laboratório, Cleiton Bona. Na atividade foram utilizados equipamentos para medir a força muscular.

Esse trabalho resultou em um comparativo estrutural entre as coxas direita e esquerda ou, ainda, entre a parte anterior e a posterior. Os resultados integram uma espécie de dossiê de cada atleta. De posse dessas informações, o professor Nelson João Tagliari realiza outro trabalho. São atividades que buscam o equilíbrio da estrutura muscular, com o objetivo de prevenir lesões.

Academia e DNA

Ontem, o professor Nelson iniciou o trabalho com um grupo de jogadores, acompanhado pelo preparador Marco Aurélio. A atividade foi desenvolvida nos equipamentos da Academia da UPF. De acordo com os indicativos obtidos nas avaliações, são aplicados exercícios para equilibrar a força muscular do atleta.

O pesquisador Nelson Tagliari, que faz doutorado em Ciência do Desporto, colocará em prática métodos revolucionários com o elenco do Gaúcho. Um deles terá como base exames de DNA que permitem verificar os níveis de recuperação de lesões. É um trabalho inovador na fisiologia estrutural. Pela primeira vez um time de futebol profissional passará pela aplicação deste processo.

GAÚCHO E UPF


Trabalho inédito no futebol mundial

A inovadora atividade da fisiologia estrutural será aplicada na UPF com orientação europeia

Créditos: LC Schneider/ON

Jornal O Nacional  

                                                          Nelson Tagliari: fisiologia estrutural

A parceria entre UPF e Gaúcho permite um trabalho inédito em aplicação no futebol, certamente o único no mundo. É o acompanhamento de linfócitos no DNA dos atletas para avaliação e recuperação. A proposta integra o trabalho do professor e mestre Nelson João Tagliari, que faz doutorado em Ciência do Desporto em Portugal. A inovadora atividade da fisiologia estrutural será aplicada na UPF com orientação europeia.


“Trabalho semelhante existe apenas na Suécia, onde uma pesquisadora coordena uma equipe de 15 profissionais”, explicou o professor Nelson. Ele está entusiasmado com a proposta, onde o Gaúcho será um laboratório. Em contrapartida, os jogadores contarão com um método inédito para acompanhamento em recuperações.
DNA e lesões.

Mesmo que inédito, não se trata de um trabalho isolado de pesquisa. Vários laboratórios da UPF são utilizados para uma ampla bateria de testes. Alguns já foram realizados no Laboratório de Biomecânica, onde os equipamentos mediram a força muscular dos atletas.

“O desequilíbrio de força na musculatura anterior e posterior deve ser corrigido para evitar lesões”, explicou Nelson Tagliari. Para isso serão realizados trabalhos específicos na academia da UPF.

A próxima etapa terá os exames de DNA. “Um trabalho ultramoderno, indicando o estresse oxidativo que mostram os níveis de recuperação”. Esses servirão como indicativos para um tratamento mais eficaz.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

VOLTANDO PARA CASA II

Ricardo Atollini é o técnico do Gaúcho

Apresentação do novo comandante alviverde aconteceu no início da tarde desta quarta-feira


Como já era esperado, o Sport Clube Gaúcho apresentou nesta quarta-feira o técnico para a temporada 2013. É Ricardo Atollini, que já foi jogador e treinador do Gaúcho. Ele estava no Passo Fundo até a semana passada. Aos 44 anos, José Ricardo Atollini tem experiência em muitas equipes, com destaque para o trabalho realizado no próprio Gaúcho de Passo Fundo.

A apresentação do novo comandante do alviverde foi no início da tarde, no Café Carolina, no centro da cidade. “Vamos dar sequência ao trabalho que iniciamos em 2009”, disse ao recordar da trajetória na caminhada para resgatar o Gaúcho. Já o presidente do clube, Gilmar Rosso, lembrou que Ricardo saiu do Gaúcho para o Passo Fundo, mas deixou as portas abertas e agora retorna. “Não muda nada, foi apenas um intervalo”, explicou.

Trabalho

Após a apresentação, Ricardo seguiu para o campo da Educação Física, na UPF, onde foi apresentado formalmente ao grupo . Em seguida ele comandou trabalhos técnicos, já pensando no amistoso do próximo sábado, em Sarandi, com a Seleção de Rondinha.

VOLTANDO PARA CASA II


Publicada em: 20/02/2013 - 07:10 , por Luiz Carlos Schneider/ Jornal O Nacional  ON
A A A

Quem será novo técnico do Gaúcho?

Hoje termina o mistério: Fumaça verde com data marcada, hoje será conhecido o técnico do Gaúcho

Créditos: Arquivo/ON
Quem será  novo técnico do Gaúcho?
Gilmar Rosso: mistério com data marcada















O mistério deve terminar hoje. Enfim, 20 de fevereiro. Hoje teremos a tão esperada fumaça verde do Sport Clube Gaúcho. Será o anúncio do nome do técnico do time para a Série A-2. O mistério é obra do presidente do clube, Gilmar Rosso, que teria dado prazo até hoje para aguardar a resposta de um treinador. Quem seria? Existe? Virá?

As respostas são múltiplas. Há, inclusive, quem aposte na mente criativa de Gilmar. Ficção ou realidade, pouco importa. Hoje, enfim, o mistério chegará ao fim. “Amanhã à tarde, no campo da UPF, saberemos quem será o técnico do Gaúcho”, falou ontem o presidente. Teremos alguma surpresa ou a esperada apresentação de Ricardo Atollini?

Ricardo Atollini 

No tabuleiro das adivinhações as possibilidades são múltiplas. Seguindo em linha horizontal teríamos a possibilidade de um acerto com um técnico que atua no Gauchão. Ou atuava. Soprou-se os nomes de Rodrigo Bandeira, Lisa e até Julinho Camargo. Já pela linha vertical do tabuleiro, tal qual uma torre, o caminho retilíneo e, invariavelmente, acaba no nome de Ricardo Atollini.

Um forte indicativo é a parceria de Gilmar Rosso com Ricardo Atollini, uma sintonia forte deste a campanha de 2009. Somem-se a isso as palavras do técnico e do presidente, sempre muito afinadas. Ricardo, mesmo com propostas do centro do país, continua em Passo Fundo e acompanha de perto as atividades do Gaúcho. E Gilmar nunca escondeu sua predileção por Atollini. Sintomático.

Mistérios no lado de fora, muito trabalho no campo. O grupo do Gaúcho teve ontem trabalhos em dois turnos. No sábado a equipe fará jogo-treino em Sarandi, diante da Seleção de Rondinha.
Laboratório

O preparador Marco Aurélio explicou que, através de convênio com a UPF, um importante trabalho será realizado na área de musculação. “O Gaúcho será um laboratório para um trabalho de doutorado do professor Nelson Tagliari, que será apresentado na Europa”. Com especialização na Espanha e mestrado, o pesquisador passo-fundense inicia hoje os trabalhos com o grupo do Gaúcho.

TRABALHANDO


NOVO PATROCINADOR  DO SC GAÚCHO DE PASSO FUNDO 





terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

VOLTANDO PARA CASA


SC GAÚCHO

ALVIVERDE (RE)APRESENTA LATERAL VAGNER 

O bom filho a casa torna. Seguindo essa lei, o lateral-esquerdo Vagner retorna ao Sport Club Gaúcho, onde jogou na boa temporada de 2010. E, desde ontem, o jogador já treina com os companheiros no campo da UPF. Em boa forma, projeta estar à disposição dentro de duas semanas. Ou seja, a tempo da estreia do Alviverde na Série A2, marcada para o dia 17 de março em Santa Cruz do Sul, contra o Avenida.

Com 25 anos de idade, Vagner teve boa passagem pelo Alviverde na temporada de 2010, quando o clube também jogou a Série A2. Naquela equipe, então comandada por Ricardo Attolini, Vagner apresentava bom apoio pelo lado esquerdo. Depois de sair do SC Gaúcho, Vagner passou pelo Rio Negro-AM e Operário-POR em 2011 e Taubaté-SP em 2012. “O Gaúcho está montando um grande elenco e venho com o intuito de ajudar o time a subir de divisão” expôs o jogador.

Vagner tem 1,85m e mantém os ideais 78kg. “Preciso só de duas semanas para readquirir o condicionamento físico” avisou. O lateral também comentou sobre vestir novamente a camisa do SC Gaúcho. “Tenho um carinho especial, a torcida foi carinhosa comigo, fui bem recebido e é muito bom poder voltar para casa” encerrou.


Vagner volta ao SC Gaúcho após três anos
FOTO KLEITON VASCONCELLOS


Vagner volta ao SC Gaúcho após três anos

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

BSBIOS BIODIESEL INVESTE NO ESPORTE


BSBIOS BIODIESEL INVESTE NO ESPORTE


BSBIOS renova contrato com S.C. Gaúcho

Empresa estará presente nas camisas 9 e 10 do clube 
Na tarde desta quinta-feira (07), na sede da indústria de biodiesel BSBIOS, foi firmada a renovação de contrato de patrocínio das camisetas do Sport Clube Gaúcho, de Passo Fundo (RS). A indústria estará presente nas camisas 9 e 10 do departamento profissional do clube alviverde.
O presidente da BSBIOS, Erasmo Carlos Battistella, salientou que a companhia aposta em iniciativas que valorizem a nossa terra e contribuam para o desenvolvimento da sociedade. “Estamos pelo quarto ano consecutivo apoiando o Gaúcho, pois queremos que o clube cresça e demonstre o potencial que Passo Fundo tem,” afirmou o empresário.
“Acreditamos que a presença do jogador Sandro Sotile irá contribuir em muito para que o Gaúcho volte à primeira divisão,” destacou Battistella. Sotile será o titular da camisa nove do clube, uma das duas do fardamento que a companhia vai investir. O Clube alviverde jogará a divisão de acesso do Campeonato Gaúcho de 2013, que inicia em 17 de março e encerra no dia 21 de julho.
“A BSBIOS é muito importante para o Gaúcho, pois sempre esteve ao nosso lado, nos apoiou até mesmo quando estávamos sem jogar,” agradeceu o presidente do S.C. Gaúcho Gilmar Rosso presenteando Battistella com uma camiseta número nove personalizada com o nome do empresário, Erasmo.
O diretor presidente ainda lembrou que a BSBIOS apoia outras iniciativas esportivas em Passo Fundo, como a parceria no time infanto juvenil com o Notre Dame, a equipe de voleibol UPF/BSBIOS e o E.C. Passo Fundo.
Letícia Fazolin
Assessoria de Comunicação BSBIOS

                      Erasmo Battistella ( a esq) Diretor Presidente da BSBIOS e Gilmar Rosso Presidente do S.C. Gaúcho de Passo Fundo

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Vestindo a camisa

Vestindo a camisa



O presidente do Gaúcho, Gilmar Rosso, espera que os torcedores vistam a camisa do clube. A venda de camisas é o meio utilizado para arrecadar recursos para o futebol. As novas camisas do Gaúcho são produzidas pela Adidas, a fornecedora oficial do time alviverde. Já podem ser adquiridas pelo valor de R$ 200 cada, dando direito a assistir aos jogos do clube no campeonato. 




As camisas do Gaúcho estão a venda no Posto Esso Moron, Studio Uomo (Moron) e Pés Calçados (Av. Pres. Vargas). Além da camisa oficial, também estão a venda camisas para crianças, personalizadas com o Periquito, o símbolo do Gaúcho.

MEDINDO FORÇA


Atletas do Gaúcho fazem avaliações físicas

Parceria entre Gaúcho e UPF permite um amplo trabalho para avaliar os atletas


No Sport Clube Gaúcho é tempo de avaliação. O trabalho é para conhecer melhor as condições de cada jogador. É uma base para os próximos trabalhos até a bola rolar. De acordo com o preparador Marco Aurélio, a avaliação permite conhecer melhor o jogador, evitando lesões futuras e sabendo o que pode ou não ser exigido.






A parceria entre Gaúcho e UPF permite um amplo trabalho para avaliar os atletas. Ontem, em dois turnos, os jogadores passaram pelo Laboratório de Biomecânica para avaliação dinamométrica e isocinética.




 
A parceria entre Gaúcho e UPF permite um amplo trabalho para avaliar os atletas. Ontem, em dois turnos, os jogadores passaram pelo Laboratório de Biomecânica para avaliação dinamométrica e isocinética.
Estrutura muscular

O coordenador do laboratório, Cleiton Bona, explicou que os equipamentos permitem medir a força muscular. Também permite um comparativo estrutural entre as coxas direita e esquerda, e também da parte anterior e da posterior. “O objetivo é prevenir lesões”, explicou Bona.

Além deste equipamento, outros também foram utilizados na avaliação do elenco do Gaúcho. Um deles para avaliar a impulsão horizontal e vertical. Hoje, pela manhã e tarde, os jogadores passam por avaliação cardiorrespiratória, também em unidades da UPF.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

CAMISA PASSAPORTE 2013


CHEGOU NOVO LOTE DE CAMISAS :

VALOR  R$ 200,00 -


INGRESSO EM TODOS OS JOGOS  -  ESTACIONAMENTO - CADEIRA 


POSTOS DE VENDAS
 


PÉS CALÇADOS                  Avenida Presidente Vargas  Ao Lado da Brigada Militar

STUDIO UOMO -                Rua Moron 

POSTO ESSO MORON

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

O Sport Clube Gaúcho começa a temporada com muito combustível.


Gaúcho conta com apoio da BSBios para disputar a Série A-2

Contrato de patrocínio deste ano foi assinado na tarde desta quinta-feira

Créditos: LC Schneider/ Jornal O Nacional  ON

O Sport Clube Gaúcho começa a temporada com muitocombustível.

É a energia verde do apoio da BSBios. Uma parceria que já existia, mas agora foi fortalecida. Nesta quinta-feira, na sede da empresa produtora de biocombustíveis em Passo Fundo, foi assinado o contrato do patrocínio para este ano. A camisa número nove do Gaúcho, que será vestida pelo goleador Sandro Sotilli, ostentará a marca da BSBios.

O clube, a empresa e o jogador já estavam acertados. O Gaúcho pagará uma parte do salário do atleta, enquanto a complementação virá do patrocinador. O contrato foi assinado pelo diretor presidente da BSBios, Erasmo Carlos Battistella, e pelo presidente do clube, Gilmar Rosso.

Acreditar

O presidente do Gaúcho enalteceu a capacidade de Battistella. “Audácia em acreditar naquilo que vai dar certo, e deu certo”, citando a trajetória da BSBios. Traçando um paralelo com a empresa, Gilmar lembrou a trajetória recente do Gaúcho. “Está dando certo graças a pessoas como o Erasmo e suas empresas, que acreditam e vestem a nossa camisa”.

Gilmar agradeceu pelo apoio que a empresa vem dando nos últimos anos ao clube. Além da parceria, também enalteceu o incentivo pessoal do empresário, a quem entregou uma camisa com o número nove do Gaúcho. Produzida pela Adidas, fornecedora  do clube, a camisa ostenta a marca BSBios na frente e nas costas, ao invés de Sandro Sotilli, o nome Erasmo. E Erasmo vestiu a camisa.

Participar

Erasmo Battistella explicou que a BSBios mantém uma política de apoio ao esporte, citando as parcerias com o Notre Dame e com a UPF. “Como empresa, devemos participar da vida de Passo Fundo e da comunidade. Nós também acreditamos que não podemos deixar morrer uma história”. Sobre o contrato assinado ontem, acredita que “é um jogador que vai ajudar muito para que o Gaúcho volte à primeira divisão”.

Ele também acenou com uma longa parceria. “Estou feliz por reforçar essa parceria, já pelo quarto ano. O importante é que o Gaúcho não esqueça os apoiadores locais quando subir. É importante manter este apoio local”. E finalizou afirmando que “essa camisa nove vai trazer muitas alegrias”. Até porque o importante é acreditar.

Erasmo e Gilmar: audácia e parceria










quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

O COMEÇO


Começa uma nova etapa para o Gaúcho

Apresentação aconteceu no campo da Faculdade de Educação Física da UPF,


O Sport Clube Gaúcho começa este ano uma nova etapa. É vida nova, embalada pelas realizações do ano passado. Em 2012 o negociou a área do Estádio Wolmar Salton, quitou dívidas e ganhou terreno para construir uma arena. Em campo conquistou uma vaga na Divisão Acesso, agora Série A-2.


Ontem, reunidos no campo da Faculdade de Educação Física da UPF, os jogadores ouviram as palavras do presidente Gilmar Rosso. Nas boas-vindas ele já acenou com um futuro promissor “quando estiver pronta a nossa arena”.

Sotilli 

Depois foi a vez de Sandro Sotilli explicar que gostou da cidade e decidiu morar aqui. “Vamos resgatar essa história bonita, pois o Gaúcho é uma grife. Também tenho uma história bonita no futebol do Rio Grande do Sul e posso contribuir”.

Na sequência do peneirão do Sport Clube Gaúcho para selecionar jogadores para seu grupo. Ontem, no campo da UPF, o trabalho constou de um enfrentamento de duas equipes formadas por 22 pré-selecionados. Além da comissão técnica, também o presidente Gilmar Rosso esteve de olho no peneirão. Cinco ou seis podem integrar o grupo, restando uma lista para uma eventual segunda chamada.

Apresentação: Sandro Sottili e Gilmar Rosso


(Foto – LC Schneider/ON)