terça-feira, 8 de fevereiro de 2011


.9/2/2011 08:41:27 - Atualizada em
SC GAÚCHO
Dia para torcida ver time de 2011
A partir das 17h30, no campo da UPF, o Sport Club Gaúcho enfrenta a SER Panambi. Será a primeira oportunidade de o torcedor ver o time 2011 em ação
Kleiton Vasconcellos
(Redação Passo Fundo / DM)


Até aqui, na atual temporada, o grupo de jogadores do Gaúcho treinou – e muito. Sempre em dois turnos, os atletas primeiro enfrentaram uma maratona de trabalhos físicos. Em seguida, as atividades com bola foram tomando conta, sob comando do técnico Ricardo Attolini. E hoje o torcedor poderá ver como está a preparação para a estreia na Segundona, marcada para o dia 27.

No campo da UPF, o Gaúcho recebe a SER Panambi, que também vai jogar a Segundona. Para a partida que começa às 17h30, não haverá cobrança de ingressos, apenas a contribuição na caixinha, como fora em 2010 e venda das camisas-passaportes.

Com relação ao que vai ver dentro das quatro linhas, a torcida encontrará nomes conhecidos, como o zagueiro Didi, o volante Patrick, os meias Renan e Danilo e o atacante Marcelo Bela. A eles, juntam-se novidades, a exemplo do lateral Thomas e o centroavante Lauro. Quanto à escalação, Attolini deve manter a base que começou o amistoso da semana passada frente ao América de Tapera, com Robson; Thomas, Didi, Sérgio e Gabriel; Patrick, Danilo, Renan e Diego Miranda; Marcelo Bela e Lauro.

A dupla de ataque, aliás, vem encontrando o entrosamento nos treinos. Se Bela já estava na temporada passada jogando pelo Alviverde, ao mesmo tempo Lauro disputava a Série D do Brasileirão pelo Operário, de Ponta Grossa. “A nossa parceria é boa, mesmo com o pouco tempo de treino. Somos dois atacantes de área, mas que saem para o jogo” disse Marcelo Bela. Em 2010, às vezes reserva e em outras titular, Bela marcou nove gols, desempenho que espera repetir ou melhorar em 2011. “Nosso time é jovem, joga pra frente e o esquema nos ajuda, pois quase sempre tem três chegando na área adversária” complementou.

Mais caladão, Lauro tem a confiança de Attolini e da direção. “Ele é muito bom, vocês vão ver” aposta o presidente Gilmar Rosso. Aos 21 anos e com 1,83m, Lauro passou ainda pelo PSTC, do Paraná, antes de chegar ao Gaúcho. É nessa dupla de ataque que a torcida deposita a esperança de gols. A começar por hoje, no campo da UPF.

(Lauro e Marcelo Bela, a dupla de ataque do Gaúcho / FOTO KLEITON VASCONCELLOS
)

Nenhum comentário:

Postar um comentário