terça-feira, 30 de outubro de 2012

GAÚCHO VENCE


Publicada em: 29/10/2012 - 23:21 , por Rodrigo Accorsi/ON

Gaúcho está a um empate da Divisão de Acesso

Da Silva marcou o gol da vitória do Alviverde no Vermelhão

Créditos: Rodrigo Accorsi/ON
Gaúcho está a um empate da Divisão de Acesso
Jogadores e comissão técnica comemoraram muito e aplaudiram os torcedores, que compareceram em bom número.
O Sport Club Gaúcho venceu o Garibaldi por 1x0 na noite desta segunda-feira, no Vermelhão da Serra e deu um importante passo para chegar à Divisão de Acesso no ano que vem. O gol da vitória foi marcado pelo atacante Da Silva, aos 45 minutos da primeira etapa. O Periquito leva a vantagem de jogar pelo empate em Garibaldi, às 16 horas do próximo domingo. As duas equipes entraram em campo dispostas a conquistar o resultado positivo. O bom time do Garibaldi, treinado por Celso Freitas, ameaçou de forma constante a meta do Gaúcho, mas o goleiro Souza teve grande atuação e impediu qualquer comemoração por parte dos visitantes. Quase no final da partida o zagueiro Iuri saiu lesionado e o Gaúcho chegou a jogar com um atleta a menos por alguns minutos. A torcida compareceu e empurrou o time para a vitória. O fato lamentável é que, depois que o árbitro encerrou o jogo, integrantes das comissões técnicas de ambos os times iniciaram uma confusão, discutiram e quase foram às vias de fato, mas foram impedidos pela Brigada Militar. Os primeiros 90 minutos terminaram. Agora é esperar pelo segundo tempo.
Gol e vibração
A saída no primeiro tempo foi do time do Garibaldi, que começou indo pra cima e tentando invadir a área do Gaúcho. O time da casa respondia na mesma moeda, mas as duas equipes estavam afoitas e as jogadas não se concretizavam, principalmente no setor de meio campo. A partir dos oito minutos, o Gaúcho começou a ter mais domínio de bola em seu campo ofensivo, mas era ineficiente na criação das jogadas. Aos 14 minutos, Paulo Josué chutou de longe, a bola desviou na zaga e saiu para escanteio. O primeiro lance de perigo para o Garibaldi veio no minuto seguinte, mas Souza, o nome do jogo, segurou firme. No primeiro tempo o Gaúcho teve dois impedimentos duvidosos marcados pela arbitragem. O time da casa teve uma série de boas faltas próximas à área, mas os cruzamentos eram interceptados pela zaga visitante. Quando o primeiro tempo se encaminhava para o final, Da Silva recebeu na área e mandou para as redes do Garibaldi.
Segundo tempo
As duas equipes voltaram com a mesma disposição para o segundo tempo. Logo no início, o Gaúcho chegou com perigo, mas William bateu pra fora. Antes dos cinco minutos o Alviverde já havia chutado duas bolas contra a meta do Garibaldi, que teve boas chances para empatar. A primeira delas aconteceu numa bobagem da zaga, que saía com a bola dominada, mas num toque errado para trás, cedeu escanteio. Na outra, Souza saiu jogando mal e a zaga novamente mandou para a linha de fundo. O Gaúcho diminuiu um pouco o ritmo, Garibaldi se aproveitou disso e começou a fazer certa pressão. Aos 30 minutos, Souza espalmou uma bola pra frente e na sequência defendeu novamente num chute à queima roupa, numa grande recuperação. Por reclamação, o técnico Marco Aurélio foi expulso aos 40 minutos. Aos 42, o Garibaldi chegou novamente com perigo, mas não soube aproveitar a chence. Sob protestos do time da casa, o árbitro apontou cinco minutos de acréscimo. O Garibaldi ainda teve uma falta aos 47 minutos. Numa bola batida de longe, Souza foi exigido novamente e espalmou pra fora. O jogo foi até os 52 minutos, porque Iuri se lesionou e teve que deixar o campo. Não havia tempo para mais nada. Agora o time do goleiro Souza precisa de um empate simples para se garantir na Divisão de Acesso do ano que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário