terça-feira, 1 de março de 2011

Gaúcho pede, FGF autoriza, e Passo Fundo acata: clássico será na sexta-feira


O dia seguia a estreia de gaúcho e Passo Fundo na Segundona 2011 foi movimentado, mas só nos bastidores. O assunto principal nos clubes não era a derrota do alviverde, para o Riopardense, muito menos o empate muito menos o empate do Tricolor com o Glória. Tudo girava em torno do clássico válido pela próxima rodada, que até ontem estava marcado para a próxima quarta-feira, às 20h30. Mas a pedido do Sport Club Gaúcho, mandante do jogo, a Federação Gaúcha de Futebol autorizou que a partida seja realizada na próxima sexta-feira, às 19 horas, pelo menos por enquanto...
Segundo Gilmar Rosso, presidente do Gaúcho, depois de uma reunião entre diretores e comissão técnica, ficou decidido que o mais sensato seria solicitar o adiamento do jogo. “Conversamos e decidimos solicitar a mudança da data por várias questões como, administrativas, jogos da dupla Gre-Nal no meio de semana, e também tendo em vista a qualificação das equipes, já que teremos mais tempo para trabalhar fisicamente e inscrever alguns jogadores”. O Gaúcho não pode utilizar nove jogadores de seu elenco na estreia contra o Riopardense. O zagueiro Didi, o meia Toldi, e os laterais Tomas e Jonas por estarem lesionados, o meia Toldi, o zagueiro Marcelo, os laterais Douglas, Gabriel Kremer, o goleiro Pitol e o volante Cristian por ainda não terem conseguido a liberação da FGF. Outra que provavelmente seria desfalque para o clássico seria o zagueiro Djonatan, que sai lesionado ainda no primeiro tempo do jogo contra o Riopardense. “Sei que financeiramente seria muito melhor jogar na quarta-feira, mas tenho que pensar na minha equipe, nos meus jogadores”, disse Rosso. Ainda na tarde de ontem o Gaúcho apresentou o back drop, com todos os patrocinadores do clube, que será utilizado durante as entrevistas do técnico Ricardo Attolini e dos jogadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário